A dama da liquidação

Ontem vi este tuíte ganhando seus 15 minutinhos de fama no Facebook e compartilhei porque ele me descreve perfeitamente:

tweet
#Acessível: Um tuíte com os dizeres “Eu sou a deselegante que quando ouve um elogio a roupa fala logo FOI 30 REAIS NA RIACHUELO”

Eu vi muita gente se divertindo com essa incrível verdade e me lembrei de uma saia que eu comprei por R$ 10,00 que era um loosho e todo mundo amava e eu bem falava “MENIIIIINA COMPREI POR APENAS DEZ REAIS NA LIQUIDAÇÃO” e nessa uma tia minha me deu uma bronca falando que isso não se fala…

what-leslie

Espera um pouquinho aí… Eu não tenho problemas em entrar em uma loja com uma placa enorme anunciando uma liquidação (inclusive adoro). Eu não tenho problemas em entrar no provador com a sacola lotada de peças e ir pedindo ajuda para experimentar mais porque eu sempre ultrapasso o limite de peças permitido. Eu não tenho problema algum em fazer poses, caras e bocas no espelho e imaginar todos os lugares em que eu posso ir com aquele look. Eu não tenho problemas em pagar aquelas selecionadas e pensar que estou levando 10 peças no lugar de uma por aquele mesmo preço. Eu não tenho problemas em compor meu look, minha make de acordo, fazer selfies, postar no instagram com o máximo de hashtags possível visando sim um maior número de visualizações (não se engane, as blogueiras que voce segue fazem isso). Então por qual motivo eu teria algum problema em dizer o quanto custou aquela peça de roupa que todos estão olhando e admirando?

Obviamente não foi algo que a pessoa perguntou. Mas para mim dizer um preço mais baixo de uma roupa magnífica desmistifica a lenda de que precisa pagar caro em uma grife para se vestir bem (o que já aproveita pra mostrar que gorda não precisa pagar 500 reais numa camiseta pra não sair peladona).

Essa coisa de querer esconder o valor baixo é puro elitismo. Ninguém é melhor que ninguém pela conta bancária. Ninguém tem que ter vergonha de pagar barato nas roupas.

Entendo que existe aquele lance de “quanto mais barato a roupa mais chances de haver trabalho escravo envolvido” e isso eu não nego que seja algo preocupante. Só que vem cá, você já notou quantas grifes usam de trabalho escravo? Então não, não é necessariamente relacionado ao preço. Mas o foco aqui é a liquidação.

Se uma pessoa te julga inferior pelo preço que você paga em uma roupa, então o problema NÃO É SUA ROUPA e sim a pessoa.

Você não é sem noção, inferior ou ruim por contar que a sua brusinha custou R$ 5,00. É uma pessoa normal que prova que pra ser feliz não precisa gastar muito.

kiss the fat girl assinatura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s