Estou cansada de pagar caro nas minhas roupas

Entra dia sai dia eu vejo anúncios de novas marcas plus size que têm roupas que não são de vó e quando eu entro no site ou na page, eu tomo um susto com os preços. Ser gorda além de não ser fácil é muito caro.

OBS: Não vou expor o nome de nenhuma marca por aqui. Mas se chegar a você, dona de uma marca, por favor reveja alguns conceitos. Obrigada.

Já vi de tudo quando tentam justificar os preços abusivos das roupas acima do 46. Usam mais linha (talvez usem uma dúzia de carretéis industriais em uma blusa), usam mais tecido (que particularmente custam uma média de R$ 20 reais o metro), dão mais trabalho para fazer, etc etc etc. Milhares de desculpas que não justificam um vestido número 60 custar R$ 350,00, um cropped custar R$ 200,00, uma saia custar R$ 400,00. NÃO JUSTIFICA.

A maioria das marcas consumidas entre as gordas descoladas, com uma pegada mais jovial, tem um custo de pelo menos R$ 110,00 em um vestido simples de malha sem grandes firulas. E isso é muito inacessível.

Precisamos lembrar que a maioria deste público recebe pouco mais que um salário mínimo. Então tem as contas a pagar, aluguel, escola de filhos ou a faculdade e, quer queira ou não, PRECISA se vestir. E quando precisam pagar mais de cem reais em uma roupa, precisam fazer um plano de pagamento. Ou aprender a costurar.

Eu vivo em lojas de tecido porque minha mãe trabalha com cartonagem e eu acabo comprando insumos pra ela. E vivo me apaixonando por tecidos. E vivo comprando também. Por isso eu sei bem quanto custam tecidos no varejo e eu também sei quanto tem de desconto no atacado.

Eu sei que existe a necessidade de uma oficina, eu sei que existe muita coisa inclusa. Mas eu também sei que o preço que é colocado não é pra todo mundo. Mas também sei que todo mundo PRECISA DE ROUPAS.

Eu to cansada de entrar em um site e uma página e ver um produto que eu gostei e ter que ficar mandando inbox pedindo preço e pedindo tamanhos pra só depois levar aquele susto. É um impacto muito grande isso fora que eu me sinto como se eu fosse uma espiã industrial tentando comprar um shorts jeans.

As pessoas magras não precisam ficar esperando resposta de lojas virtuais que pedem pra perguntar o preço inbox. As pessoas magras têm chances de comprar aquela brusinha de baciada da coleção anterior. As pessoas magras não precisam ficar implorando medidas e sendo ignoradas. As pessoas magras não precisam se vestir com uma roupa que mais parece uma tenda de acampamento só pra não andar peladas e não ter que decidir se naquele mês você gasta com comida ou com roupa o que restou do seu salário. As pessoas magras não se preocupam com isso. Então por que as gordas deveriam passar por isso?

Existem diversas maneiras de se criar roupas para gordos sem cobrar o absurdo que se cobra. Seja com um financiamento coletivo, seja com oficinas de costura, seja com o que for. Eu acho que tem sim como fazer algumas coisas mais acessíveis para quem não tem como ficar pagando R$ 200,00 por uma blusa e ainda lucrar com isso. Acontece que todo mundo, até mesmo algumas gordas que saem aí dando seus brados de empoderamento, se aproveitam sim das pessoas gordas e da falta de roupa que nos assola.

Eu sou uma gorda menor. Eu tenho um corpo que é desproporcional mas que de certa forma me permite comprar coisas que outras gordas não conseguem. Eu consigo entrar em uma loja de fast fashion e comprar uma blusinha P como eu fiz esses dias porque a modelagem era bem larguinha. Mas essa sou eu. E as minas maiores? E as 60+? Será que eu não tenho que me preocupar com isso porque eu não saio pelada na rua e elas têm que pagar horrores para se vestir?

Acho que está na hora de pensar muito mais em projetos que ajudem as gordas. Montem oficinas coletivas assim como os coworkings. Montem projetos que ajudem. Ensinem a costurar. Ofereçam seus trabalhos. Vamos nos preocupar com essa parte. Não é justo ter que ir comprar roupas em loja de gestante só porque ninguém se importa com o que precisamos.

Está na hora de rever esses conceitos. E é urgente.

kiss the fat girl assinatura

Anúncios

4 comentários

  1. Passo por isso, vi um vestido lindo, de malha canelada, cinza e trançado na frente. Pensei na hora “Nossa ele é minha cara” mas achei caro dar R$142,72 em um vestido . Pior que não tiro o vestidim da cabeça 😥
    Só achei ele caro, pq comprei um lindo de festa, trabalhado na renda e longo por R$210,00
    Os valores poderiam ser mais acessiveis em algumas lojas .

    Curtido por 1 pessoa

    • Pois é tem muita gente que realmente abusa. Em uma marca pequena é até compreensível ter um preço diferente justamente porque as lojas maiores ganham na quantidade. Mas tem loja grande abusando do nosso bolso e nem todo mundo pode.

      Curtir

  2. Sofro muuuuito para comprar roupa! E olha que meu manequim é 48, 50. Quem é mais gordinha, deve ser ainda pior. O fato é que sou advogada e preciso andar mais formal. É muito difícil achar um blazer por um preço acessível! Eu comprei um há pouco tempo que paguei 250 reais! Fiquei arrasada porque ele me caiu bem, muito diferente de tudo o que se vê nas lojas por aí. O que na verdade essas lojas fazem é aproveitar de nós, pois sabem que precisamos nos vestir e não encontraremos nada mais em conta. Uma dica que dou para quem mora no Rio de Janeiro é a loja Mais Loany, fica no Centro, na Rua Gonçalves Dias. Lá o preço não é absurdo e os modelos são muitos bonitos. Faço propaganda porque lá sou muito bem atendida! Não ganho nada em divulgar, é só porque realmente é uma loja que está trabalhando de forma diferente do mercado. Adorei seu blog! Um abraço! Débora

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s