Ser DIVA tem que ser pra todo mundo

Hoje foi um dia daqueles. Trabalhei, fui ao mercado, cuidei de criança, ainda não tive tempo de relaxar ou sequer trocar de roupa. O cabelo só tá bacana porque tá curtinho. Mas faz MESES que não sabe o que é um salão. Faço tudo em casa – pelo menos o curso de colorista fez alguma coisa pra mim – e tenho uma maquininha. Perfeito, não preciso de mais. Quer dizer… Até quero. Mas nem dá.

Eu estou falando sobre isso porque eu mesmo cansada, com aquela dor de cabeça, tendo jantado um hambúrguer meia boca e sentada em frente a tela pensando em milhões de temas que eu poderia falar mas que eu acho pesado demais pro fim de semana, passou na minha TL um post de uma amiga que diz assim:

Eu fico vendo as divas da internet e pensando com a minha cabeça…
É fácil ser divosa com $, podendo dormir mais de 8 horas por noite, sem filhos, podendo pagar cabeleireiro e manicure toda semana, sem preocupações…
Eu acho lindo, não posso negar, mulher bonita é bonita… mas eu gosto de ver as DIVA do proletariado… pegando ônibus, correndo atrás dos filhos, indo trabalhar, com problemas psicológicos, sem grana, fazendo receita caseira de beleza…
Ser DIVA tem que ser pra todo mundo…

E eu me lembrei de muita gente que me fala a mesma coisa e inclusive eu recebi um inbox de uma amiga bem assim:

Lika, ver você divando, a Tess Holliday, a Ju Romano, pra mim é ok. Mas eu nunca vou conseguir ser assim como vocês. Daí fica difícil se olhar no espelho e se ver como uma tentativa frustrada do que eu queria ver.

Foi aí que eu disse pra ela:

promoção
Virou até meme ❤ haha

Eu sempre achei mesmo importante seguir pessoas que não fossem tão conhecidas ou que a gente pudesse ver que não rola uma grande produção por trás. Sei que muita gente vive da aparência, que ganha pra isso e eu não nego que gostaria de fazer parte dessa galera pelo menos um pouquinho porque eu acho bacana quando eu mostro um look diferente e a galera agradece porque nunca teve a ideia de misturar o que eu misturei, ou nunca teve a coragem pra usar suas misturas. Isso pra mim é representatividade também e eu fico muito feliz com isso. Mesmo por isso eu fiz o post sobre instas inspiradores que mescla tanto as divas com produção quanto as divas do proletariado. E também dei a dica de experimentar tudo o que você quiser, reformar, tentar a promoção porque não é todo mundo que pode ficar comprando roupa sempre ou pagando os preços absurdos que andam pedindo pra nós. Como disse minha amiga, “a gente quer ver diva quebrada”.

Isso não quer dizer que uma seja melhor que a outra. Não mesmo. Não tem nada de romantizar o nosso estilo de vida corrido e a gente se ferrando. Não tem nada de superação ou glamour nisso. É trampo duro, é difícil, mas isso não canoniza ninguém viu? Só que, querendo ou não, é gostoso ver que tem diva que tem o mesmo estilo de vida nosso, que se lasca como a gente e a gente se sente meio que abraçada. Tanto que depois desta guria ter me comparado à Tess e Ju Romano, eu contei um pouco sobre a minha vida, sobre meus horários, sobre meu salário e as minhas despesas… E ela finalmente conseguiu me enxergar como “uma delas” porque é o que eu sou.

abraço
Miga me abraça…

Se você está lendo este texto, entenda que é normal a gente olhar pro nosso guarda roupas e falar que não tem algo legal pensando naquela calça maravilhosa de apenas 500 parcelas de R$ 199,90 que você viu outro dia na blogueira e você teria que trabalhar 24h por dia 7 dias por semana durante 8 anos pra conseguir pagar a bendita. É normal você ter aquele dia, aquele momento em que você olha pro reflexo no espelho e acha que nunca vai ser tão incrível quanto você acha que aquela amiga/modelo/blogueira é. É normal… Mas não quer dizer que seja verdade.

Não importa quais são as suas roupas. São suas e são as melhores que você pode comprar. Não importa se seu cabelo é tratado em casa e só vê um salão uma vez a cada dois meses pra cortar pontas duplas e etc. Não importa se você tem olheiras de cansaço de trabalhar/cuidar da casa/cuidar dos filhos/estudar/etc. Você é uma diva. Você é maravilhosa. Suas marcas fazem de você quem você é e você é o melhor que você pode ser. E se a sociedade acha que você não pode ser uma diva, mostra pra ela que tá todo mundo errado. Você já nasceu diva e não tem ninguém que tire isso de você.

FAT KISSES 4U2

Anúncios